General Studies of Music – MÚSICA (CULTURA E SOCIEDADE)

Click to Read in Portuguese (English text not available yet)

Clique para ler em português:

http://www.estudosgeraisdamusica.com/

The idea of ​​a ‘General Study of Music’ came into my life in the mid-1970s, when I dedicated myself to the study of Classical Guitar. At the time I set an outline shaped organizational chart linking various disciplines with music – Mathematics, Physics, History, Sociology, Psychology…(http://www.estudosgeraisdamusica.com/). What I did not know at the time is that this study I had conceived intuitively belonged actually to old concepts which great scholars of the past, music theorists, philosophers, mathematicians and physicists had already leaning. Closer study of the origins of Western music leads us to Pythagoras and the early Pythagoreans in pre-Christian Greece cradle of our culture, we believed that the musical intervals, and therefore the music emerged from a numerical relationship and mathematically proportional, however, another school the ‘Harmonicistas’ already argued that musical intervals could rise by another order does not necessarily numeric, and yes, of vibrational states of physical bodies whether musical instruments or any form of matter that produces vibration and Therefore sounds … The principle of cosmic vibration, its laws, cosmic octaves, etc, etc, can be found in ancient writings dating back to very ancient times … What we call music in the West has a historical trajectory divided by periods and contradictory phases when the ‘sound doings’ Westerners do not always met the same idelógico-philosophical principles, for each period may contain rules and forms not always compatible to the logic of other periods, namely ……. In the 1990s a student (Mauro Freire) at my request passed this chart for a graphical format so that we better reading (see map-chart above). In the 2000s, I recognized this Map-Organization Chart and unfolded in three other maps. During the 1980s I dedicated myself exclusively to the development of guitar methodologies, so I left parked my studies about other topics. But in the decades of 1990 and 2000 I resumed research on the ‘General Studies of Music’…..

 

A ideia de um ‘Estudo Geral da Música’ surgiu na minha vida em meados da década de 1970, quando eu me dedicava ao estudo do Violão Clássico. Na época montei um esboço em forma de organograma relacionando várias disciplinas com a música: Matemática, Física, História, Sociologia, Psicologia, etc, (Clique: http://www.estudosgeraisdamusica.com/ ). O que eu não sabia na época é que este estudo que eu havia concebido intuitivamente pertencia, na verdade, aos antigos conceitos os quais grandes estudiosos do passado, teoristas da música, filósofos, matemáticos e físicos já haviam se debruçado. Um estudo mais apurado sobre as origens da música ocidental nos leva a Pitágoras ou os primeiros Pitagóricos na grécia pré-cristã berço da nossa cultura, acreditavam eles que os intervalos musicais, e, portanto, a música surgiam a partir de uma relação numérica e matematicamente proporcional, contudo, uma outra escola os ‘Harmonicistas’ já advogavam que os intervalos musicais pudessem surgir por uma outra ordem não necessariamente numérica, e sim, de estados vibracionais dos corpos fisicos quer sejam instrumentos musicais ou qualquer forma de matéria que produza vibração e por conseguinte sons… O princípio da vibração cósmica, suas leis, oitavas cósmicas, etc, etc, podem ser encontrados em antigos escritos que datam de tempos muito remotos… Aquilo que chamamos de música no ocidente possui uma trajetória histórica dividida por períodos e fases contraditórios quando os ‘fazeres sonoros’ ocidentais nem sempre atendiam aos mesmos princípios idelógico-filosóficos, pois, cada período pode conter regras e formas nem sempre compatíveis à lógica de outros períodos, a saber……  Na década de 1990 um aluno (Mauro Freire) a meu pedido passou este organograma para um formato gráfico para que tivéssemos melhor leitura (ver mapa-organograma abaixo). Na década de 2000, reconcebi este Mapa-Organograma e o desdobrei em três outros mapas. Durante a década de 1980 dediquei-me exclusivamente ao desenvolvimento das metodologias de guitarra, por isso deixei estacionado os meus estudos a cerca de outros temas. Mas, nas décadas de 1990 e 2000 retomei a pesquisa sobre os ‘Estudos Gerais da Música’…

 

(*) Map of the Organization Chart of the “Musical Art” relating to Music with other Sciences

mapa original dec. 1970

The sciences that involve music or are engaged by it – and you are here loaned to develop a holistic view of it, or if we want, transdisciplinary, as I propose – obviously only emerged over the human processes which originates in Magic, therefore, no historian of science will be denying this fact. It seems clear that the structure of the “human psyche” was built by the mythology that has always involved magic, rite, belief, etc …. The role of “music” in this case seems indisputable, since the whole mythology was always fed by ‘sound doings’ human, because the sounds are constituted in nature. So mythology and science went hand in hand to indissociate way, until certain human cultures separated as in the West in the past 500 years since such Renaissance, when philosophy, science and mythology split with its forms doctrinal now own character … So all the concepts involved in the attempt to do an accurate study of music relating to, the various sciences, are provisional, since the sciences in their origins are subject to constant revision, where the only certainty is uncertainty …. An attempt of this’ General Study of Music “I proposed in the work that I present below, only released in English in 2013 with editing by depleted hour.

 

As ciências que envolvem a Música ou estão envolvidas por ela – e que são aqui emprestadas para o desenvolvimento de uma visão holística dela, ou se quisermos, transdisciplinar, como a qual proponho – obviamente só surgiram no decorrer dos processos humanos os quais tem origem na Magia, pois, nenhum historiador das ciências terá como negar este fato. Parece claro, que a estrutura do “psique humano” foi construída pela mitologia que sempre envolveu magia, rito, crença, etc…. O papel da “música” neste processo parece incontestável, uma vez que toda a mitologia sempre foi alimentada pelos ‘fazeres sonoros’ humanos, até porque os sons estão constituídos na própria natureza. Então, mitologia e ciências caminharam juntas de forma indissociadas, uma era a outra, até que certas culturas humanas a separaram, como ocorreu no Ocidente nos últimos 500 anos desde a tal Renascença quando a filosofia, a ciência e a mitologia se dividiram com suas formas doutrinárias agora com caráter próprio… Portanto, todos os conceitos envolvidos dentro da tentativa de se fazer um estudo apurado da música relacionando-a, à varias ciências, são provisórios, uma vez que as ciências em suas origens estão sujeitas a revisão constante, donde a certeza única é a incerteza…. Uma tentativa deste ‘Estudo Geral da Música” eu propus na obra que apresento abaixo, lançada somente em língua portuguesa em 2013 com edição por hora esgotada.

 

The book MUSIC (CULTURE AND SOCIETY) It is a holistic study of music involving various sciences not yet published in English language….

O Livro “Música (Cultura e Sociedade)” trata de um estudo holístico da música envolvendo várias ciências. Obra ainda não publicada em língua Inglesa.                    

                                                                           Published in portuguese language in  2012  

capa

This book contains 15 chapters divided into 248 pages, and two chapters introductory and the remaining thirteen are themed, dealing with subjects that music involves or is involved. First of all music is metaphysical, because music is essentially sound, and sound is vibration frequency and vibration is a natural phenomenon which seems to be the essence of everything and all things, although no one knows explain scientifically or otherwise medium, because there is vibration, what is it in its very essence, in short, is a question much ancient of all philosophy which has not yet been resolved …

This book I wrote “Music (Culture and Society) as well as being an invitation to the reader to scan paths that lead us to new concepts in relation to music, also part of a principle I adopted that is the concept of understanding music as an invented epithet by the West to refer to the “Doings Sound Human” of Western civilization, an expression that emerged from the ancient Greek muses, being the ancient Greece the cradle of our culture. So the meanings of what Western culture calls as music is something liable to be interpreted in its various aspects since the meanings of “sound doings” of other human culture may have very different meanings of the West. There are archaeological indications that humanity builds artifacts or instruments to produce sounds for over 50 or 80,000 years, however, speaks only came, according to experts, there are 100,000 years, however, for students of Biomusicology *(click the link below) – a new multidisciplinary science that studies the origins of music – the sounds produced by prehuman through the vocal tract of distance communication for mating or any other purpose produced at the same time the possibility of human development …. My work explains and explores science of music, such as: Biomusicology, Musicology, Ethnomusicology, History of Music, music psychophysics, and other sciences and disciplines.

*The Origins of Music | The MIT Press

https://mitpress.mit.edu/books/origins-music

Esta obra contém 15 capítulos divididos em 248 páginas, sendo dois capítulos introdutórios e treze restantes temáticos, tratando de disciplinas que a música envolve ou está envolvida. Antes de mais nada, música é metafísica, porque música é essencialmente som, e som é frequência vibratória, e vibração é um fenômeno natural o qual parece ser a essência de tudo e todas as coisas, embora ninguém saiba explicar cientificamente ou por qualquer outro meio, porque a vibração existe, o que é ela na sua essência mesma, enfim, é uma questão muita antiga de toda a filosofia que até hoje não se resolveu…

Este livro “Música (Cultura e Sociedade), além de ser um convite ao leitor à perscrutar caminhos que nos levam à novos conceitos em relação à música, parte também de um principio que adotei que é o conceito de entender música como um epiteto inventado pelo Ocidente para designar os “FAZERES SONOROS HUMANOS” da civilização ocidental, expressão que surgiu das musas gregas antigas, sendo a Grécia antiga o berço da nossa cultura. Então, os significados daquilo que a cultura ocidental denomina como Música é algo sujeito a ser interpretado no seus diversos aspectos uma vez que os significados dos “fazeres sonoros” de outras culturas humanas podem ter acepções muito distintas das do ocidente. Há indícios arqueológicos de que a humanidade constrói artefatos ou instrumentos para produzir sons há mais de 50 ou 80 mil anos, contudo, a fala só surgiu , segundo especialistas, há 100 mil anos, porém, para os estudiosos da Biomusicologia*(clique no link acima) – uma nova ciência multidisciplinar que estuda as origens da música – os sons produzidos pelos pré-humanos através do trato vocal na comunicação a distância para o acasalamento ou qualquer outro fim, produziu ao mesmo tempo a possibilidade do desenvolvimento humano…. A minha obra explana e explora ciências da música, tais como: Biomusicologia, Musicologia, Etnomusicologia, História da Música, Psicofísica da música, e outras ciências e disciplinas.

 

 Capa I_Wesley Caesar
Capa II_Wesley Caesar
  Musica (Cultura e Sociedade)-013
Musica (Cultura e Sociedade)-014
Musica (Cultura e Sociedade)-033
Musica (Cultura e Sociedade)-049
Musica (Cultura e Sociedade)-065
Musica (Cultura e Sociedade)-078
Musica (Cultura e Sociedade)-086
Musica (Cultura e Sociedade)-105
Musica (Cultura e Sociedade)-109
Musica (Cultura e Sociedade)-128 Musica (Cultura e Sociedade)-135 Musica (Cultura e Sociedade)-148 Musica (Cultura e Sociedade)-162 Musica (Cultura e Sociedade)-167 Musica (Cultura e Sociedade)-200 Musica (Cultura e Sociedade)-230
For more information about the book MUSIC (CULTURE AND SOCIETY) and my work on the GENERAL STUDIES MUSIC contact the e.mail: wclely@hotmail.com

Para mais informações sobre o livro MÚSICA (CULTURA E SOCIEDADE) e o meu trabalho sobre os ESTUDOS GERAIS DA MÚSICA entre em contato no e.mail: wclely@hotmail.com

 

Watch explanatory slide-clips about the work: MUSIC (CULTURE AND SOCIETY) in Portuguese language …

Assista slide-clips explicativos sobre a obra: MÚSICA (CULTURA E SOCIEDADE) em língua portuguesa…

 

 

Para adquirir o livro completo em PDF , contate: wclely@hotmail.com

Ou Clique no link para ler em PDF no scribd:  https://pt.scribd.com/document/362933331/Musica-Cultura-e-Sociedade 

 

 

2 Comments so far:

  1. john newmann disse:

    eFQZoI Respect to op, some fantastic information.

    • admin disse:

      The information in this column about the ‘General Study of Music’
      that refers to my work released in 2012 (Music – Culture and Society)
      is one of my work strands.
      If you have interest please wait
      for next year I will have news …
      thanks ..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>